sábado, Maio 28, 2011

Rolo de chocolate

Por vezes, quando estou a folhear um livro de receitas, há receitas que berram para ser feitas. Estava a ver o livro "Manual de Receitas de Pão" de Vichi Smallwood e o Rolo de Chocolate foi uma delas.






Ingredientes:
1 chávena de leite morno
3 colheres de sopa de açúcar em pó *
1 colher de chá de sal
3 colheres de sopa de manteiga
3 e 1/4 chávenas de farinha (tipo 65)
1 colher de chá de fermento
100 g de chocolate
1 ovo batido


Derrete-se a manteiga e deixa-se arrefecer.
Coloca-se os primeiros 6 ingredientes na cuba da máquina pela ordem em que são indicados.
Marca-se o programa "Massa".
Corta-se o chocolate em pedaços pequenos.
Coloca-se a massa numa bancada polvilhada com farinha e amassa-se durante 2 a 3 minutos.
Junta-se o chocolate até este ficar totalmente incorporado na massa.
Dá-se a forma de um rolo com as extremidades afuniladas.
Coloca-se a massa enrolada num tabuleiro, por cima de um tapete de silicone (ou untado com manteiga e polvilhado com farinha).
Cobre-se com película aderente e deixa-se repousar durante 45 minutos.
Quando tiver duplicado de volume, retira-se a película e pincela-se com ovo batido.
Vai ao forno, pré-aquecido a 100 graus, durante 25 minutos.
Assim que tiver dourado, coloca-se numa rede de metal e deixa-se arrefecer. 


* Se não tiver açúcar em pó pode-se fazer facilmente em casa. Coloca-se açúcar branco num 1 2 3 e já está :)

domingo, Maio 22, 2011

Cheesecake de Nova Iorque com molho de morangos e vinho do Porto

Cada vez gosto mais de comer cheesecake e quando olhei para a receita de Marcus Wareing no livro "Cozinhar na Perfeição..." soube logo que a tinha de experimentar. É um cheesecake diferente de todos que já tinha comido e gostei bastante. O tempo de forno (1h30) é muito importante, mesmo que pareça já feito.

Ingredientes:
60 g de manteiga sem sal
135 g de bolachas digestivas 
500 g de queijo-creme gordo (temperatura ambiente) * 
200 g de açúcar
5 colheres de sopa de natas
30 g de farinha de milho
4 ovos grandes (usei XL)

Derrete-se a manteiga e deixa-se arrefecer.
Esmigalha-se as bolachas digestivas (eu utilizei um almofariz).
Mistura-se a manteiga com as bolachas esmigalhadas e coloca-se numa forma circular com fundo amovível**, pressionando bem de forma a ter uma camada uniforme.
Numa tigela, mistura-se o queijo-creme com o açúcar, as natas e a farinha de milho, com uma espátula de borracha.
Coloca-se nesta mistura os ovos, ligeiramente batidos, e bate-se na máquina até obter-se uma mistura uniforme.
Deita-se a mistura de queijo-creme sobre as bolachas. Alisa-se o recheio de forma a nivelar (para não crescer de forma irregular).
Coloca-se no forno, pré-aquecido a 100 graus, durante 1h30.

No livro, Marcus Wareing refere que por vezes serve este cheesecake com compota de mirtilo com um pouco de sumo de limão (para acentuar o sabor).  Eu acompanhei com um molho quente de morangos e vinho do Porto.

Molho de morangos e vinho do Porto:

Ingredientes:
10 morangos
1 cálice de vinho do Porto
3 colheres de sopa de açúcar amarelo
canela q.b.

Numa panela colocam-se os morangos cortados em fatias finas com o vinho do Porto, a canela e o açúcar amarelo.
Deixa-se ferver durante uns minutos até ficar consistente.
Serve-se quente.

* utilizei queijo-creme light (que era o que tinha) e resultou.
** forma de 20 cm de diâmetro. Eu usei uma de 17 cm e funcionou.

domingo, Maio 15, 2011

Raviolis com azeite, pêra e sementes de girassol

Quem disse que um prato rápido não é saboroso?


Ingredientes:
1 cebola
1 pêra rocha
2 porções de raviolis frescos (eu usei de mozarella, ricotta e fiambre)
azeite q.b.
sementes de girassol q.b.
piri-piri moído q.b.
coentros q.b.
oregãos q.b.

Faz-se os raviolis de acordo com as instruções.
Numa frigideira, refoga-se a cebola.
Junta-se a pêra, cortada em pedaços, as sementes de girassol, o piri-piri e os oregãos.
Quando os raviolis estiverem prontos, retiram-se da água com uma escumadeira e colocam-se na frigideira, misturando-se assim com as pêras e o azeite e a cebola.
Colocam-se umas fatias de pêra, finas, no centro do prato e servem-se os raviolis em cima.
Decora-se com folhas de coentros.

domingo, Maio 08, 2011

Pão cottage

Com esta receita começo uma nova rubrica no blog (máquina de pão). Há já algum tempo que temos uma máquina de pão, mas estava a ser muito pouco aproveitada. Na semana passada fomos passear para a feira do Livro (em que me tinha prometido que não comprava livros) e encontrámos por acaso o livro "Manual de receitas de Pão" de Vicki Smallwood. Resumindo, munidos deste novo livro começámos uma nova era de pôr a nossa máquina do pão a trabalhar :)






Ingredientes:
1 chávena de água morna
1 e 1/2 colher de chá de sal
3 e 1/4 chávenas de farinha branca para pão*
1 e 1/2 colher de chá de fermento seco


Colocam-se os ingredientes na máquina pela ordem dos ingredientes.
Marca-se o programa "Massa" e quando terminar coloca-se a massa numa bancada enfarinhada.
Amassa-se durante 2 a 3 minutos e separa-se 1/4 da massa.
Faz-se duas bolas e colocam-se num tabuleiro untado (o ideal é afastar um pouco as bolas, pois ainda vão crescer).
Cobre-se com película vegetal, sem apertar, e deixa-se repousar durante 20 minutos.
Depois coloca-se a bola mais pequena por cima da maior.
Pressiona-se o topo da massa com o dedo até atingir a bola maior.
Cobre-se, novamente, com película e deixa-se repousa mais 20 minutos.
Retira-se a película e coloca-se no forno pré-aquecido a 200 graus, durante 25 minutos (até estar dourado e estaladiço).


Esta receita é só amassada na máquina do pão, a cozedura é feita no forno. Para quem não tem máquina, poderá tentar fazê-la, mas aconselhava o uso de fermento de padeiro em vez do fermento seco. Experimentem fazer uma estampa (um círculo de farinha com os líquidos e o resto dos ingredientes no meio, fermento dissolvido no liquido) na bancada. Deixar levedar e depois seguir os passos como se


* eu usei a farinha Tipo 55, mas a 65 é a mais indicada.

segunda-feira, Maio 02, 2011

Sopa de ervilhas e coco

Um dia comi uma sopa de ervilhas e coco no Go Natural e fiquei com curiosidade de experimentar. Assim nasceu esta receita:


Ingredientes:
1 cebola
1 kg de ervilhas congeladas
50 g de creme de coco em pó
água q.b.
sal q.b.
azeite q.b.
mistura de pimentas moída na hora

Refoga-se a cebola numa panela grande. Junta-se as ervilhas (sem descongelar).
Coloca-se água a ferver, até cobrir as ervilhas, e adiciona-se o creme de coco em pó.
Tempera-se com sal a gosto.
Deixa-se ferver até as ervilhas estarem cozidas.
Com a varinha mágica tritura-se tudo, adiciona-se a pimenta e rectifica-se o sal.
Nesta fase adiciona-se água a gosto para obter-se a consistência preferida da sopa.
Serve-se com pedaços de pão frito ou amêndoas laminadas.

Nota: esta sopa também poderá ser servida em copos pequenos como amuse bouche.