domingo, Janeiro 30, 2011

Bolo de castanhas e pistácios com chocolate quente

Um dia, deram-me um creme de castanhas e o meu cérebro começou logo em actividade a pensar no que poderia fazer. Assim, resolvi procurar inspiração nalguns blogues que tinham receitas com castanhas. Dos que vi, dois destacaram-se (Gourmets Amadores e Tertúlia de Sabores). Li as receitas e depois de  magicar, no que poderia fazer, nasceu esta receita.


Ingredientes:
4 ovos
150 g de açúcar
325 g de creme de castanhas
80 g de farinha com fermento
70 g de pistácios
200 g de chocolate
200 ml de natas
5 ml de licor de laranja

Bate-se os 4 ovos com o açúcar até obter-se uma mistura clara e cremosa.
Adiciona-se o creme de castanhas e bate-se, mais lentamente, até a mistura ficar homogénea.
Num almofariz, esmagam-se os pistácios, sem os desfazer completamente.
Com uma colher, adicionam-se os pistácios e a farinha à mistura dos ovos, envolvendo lentamente.
Coloca-se em formas pequenas untadas com manteiga (como utilizei formas de silicone, não tive necessidade de untar).
Vai ao forno pré-aquecido a 180 graus. Para saber se estão prontos, espeta-se um palito. Se este sair seco significa que já estão prontos.
Deixa-se arrefecer um pouco e depois desenforma-se, para arrefecer completamente.
Um pouco antes de servir, coloca-se numa panela o chocolate partido aos bocados e as natas.
Quando estiver a ferver, adiciona-se o licor de laranja.
Coloca-se o bolo no prato e rega-se com o chocolate quente.

domingo, Janeiro 23, 2011

Frango com crosta de cogumelos, maçã e nozes

Os sabores dos cogumelos com a maçã e as nozes juntam-se e transformam-se num sabor único que se assemelha a um paté. Como o frango esteve a marinar com vinho branco e molho de soja, o seu sabor foi realçado. Assim, a crosta de cogumelos e o frango, unem-se para uma viagem ao nosso palato. Experimentem...(não vão ficar indiferentes).



Ingredientes:
1 frango 
70 g de vinho branco
30 g de molho de soja
2 alhos
240 g de cogumelos
50 g de miolo de noz
1 maçã
noz-moscada
canela
sal fino
pimenta
azeite

Corta-se o frango em pedaços pequenos e rega-se com o vinho branco e o molho de soja.
Adiciona-se os dois dentes de alho esmagados e, com as mãos, untam-se todos os pedaços de frango no vinho e no molho de soja, deixando-se a marinar durante 3 horas.
Lavam-se os cogumelos e retiram-se as sementes à maçã.
Numa picadora, transforma-se numa pasta, os cogumelos, a maçã e as nozes.
Tempera-se, a pasta, com sal fino, noz moscada, pimenta moída na hora e uma pitada de canela.
Numa frigideira com azeite, frita-se um pouco o frango dos dois lados (primeiro colocam-se os pedaços que têm pele com a pele para baixo).
Colocam-se os pedaços de frango numa travessa.
Na frigideira, com a gordura do frango, aquece-se o que restou do vinho e do molho de soja que estiveram a marinar com o frango.
Rega-se o frango com o líquido quente.
Cobre-se a parte de cima do frango com a pasta de cogumelos, maçã e nozes.
Vai ao forno pré-aquecido a 180 graus.
Está pronto quando a crosta fica com um tom mais escuro.

Dulcepigmenta no Facebook

Dulcepigmenta já está no facebook :)
Basta clickar aqui (Dulcepigmenta), clickar em GOSTO e assim já poderá acompanhar todas as últimas novidades.
Até breve!

domingo, Janeiro 16, 2011

Pescada picante em cama de cuscuz de leite e maçã

Uma pescada atrevida!




Ingredientes:
3 postas de pescada
1 malagueta fresca
1 dente de alho
sal grosso 
oregãos
azeite
100 g cuscuz
400 g leite
1/2 maçã
1/2 cebola
1/2 colher de sopa de mel com sementes de girassol, passas e sementes de sésamo


Num almofariz esmaga-se a malagueta, o sal e o dente de alho.
Junta-se os oregãos e depois o azeite para transformar numa pasta.
Coloca-se a pasta por cima das postas de pescada e vai a cozer ao vapor.
Numa panela refoga-se a cebola e a maçã.
Junta-se o cuscuz, mexe-se e tempera-se com sal.
Adiciona-se o leite quente e espera-se 5 minutos, fora do fogão.
É só decorar no prato, adicionando o mel por cima, e bom apetite...

domingo, Janeiro 09, 2011

Bolo de maçã recheado!

A minha tia fez anos esta semana e sempre foi uma grande fã do Sherlock Holmes. Assim nasceu este bolo. A base da massa tirei-a de um livro da Debbie Brown (50 Bolos de Festas), mas resolvi acrescentar a maçã e criar o recheio. Aqui vai:


Ingredientes: 
massa:
190 g de farinha com fermento
95 g de farinha sem fermento
190 g de manteiga
190 g de açúcar
3 ovos
100 g de maçã
1 colher de chá de essência de baunilha
limão

recheio:
1 maçã pequena
1/2 chávena de nozes
1 colher de sopa de açúcar
1 colher de sopa de margarina
canela q.b.
noz moscada q.b.
200 ml de natas para bater

cobertura:
açúcar em pó (para polvilhar a bancada)
massa de chocolate moldável (chocopan) branca
massa de chocolate moldável (chocopan) preta

Material:
papel vegetal
silhueta de Sherlock Holmes

Descascam-se as maçãs, cortam-se em quartos e  regam-se com um pouco de sumo de limão.
Colocam-se numa panela com um pouco de água e vão ao lume até cozerem.
Após estarem cozidas, esmagam-se com um garfo.
Mistura-se numa tigela a farinha com fermento e a farinha sem fermento.
Adiciona-se o açúcar à manteiga, amolecida, e bate-se, na batedeira, até ficar uma mistura esbranquiçada e macia.
Posteriormente, com a batedeira ligada, juntam-se os ovos um a um, alternando com duas colheres de mistura das farinhas.
Adicionam-se as maçãs cozidas, a baunilha e o resto das farinhas, sem parar de bater.
Coloca-se a massa numa forma untada com manteiga, formando uma concavidade no centro.
Vai ao forno pré-aquecido a 160 graus.
Apesar de o bolo ficar castanho rapidamente, só estará pronto quando se colocar um palito no centro, e este sair seco.
Deixa-se arrefecer um pouco na forma e depois desenforma-se, deixando arrefecer completamente.
Corta-se o bolo ao meio, horizontalmente.
Descasca-se e corta-se a maçã, para o recheio, em quadrados pequenos. 
Numa frigideira, coloca-se o açúcar, a margarina, a maçã e as nozes picadas grosseiramente, canela e noz moscada, até caramelizar.
Retira-se da frigideira para arrefecer completamente.
Com a varinha mágica, esmaga-se grosseiramente, esta mistura.
Bate-se as natas.
Recheia-se a metade de baixo do bolo com as natas batidas e colocam-se pedaços da mistura de maçã com as nozes (esta mistura é bastante pegajosa, o que torna este  passo mais difícil, mas mais engraçado).
Tapa-se com a outra metade do bolo.
Cobre-se todo o bolo com o restante das natas batidas.
Numa bancada, polvilhada com açúcar em pó, estica-se o chocopan branco.
Cobre-se o bolo e o excedente da massa é dobrado.
Coloca-se um pedaço de papel vegetal por cima da silhueta do Sherlock Holmes e copia-se para a folha de papel vegetal.
Corta-se a silhueta no papel vegetal.
Estica-se, numa bancada polvilhada com açúcar em pó, o chocopan preto. 
Coloca-se o papel vegetal por cima e com uma faca afiada, contorna-se toda a silhueta.
Coloca-se a silhueta feita de chocopan preto, por cima do bolo.


E já está... Elementar, meu caro Watson (devo dizer que este bolo não me parece elementar. No entanto, as horas e o trabalho são compensados pelo seu sabor). Caso não queiram colocar o chocopan, experimentem decorar com fatias de maçã fininhas, ou em vez de cobrirem o bolo com natas, polvilhem com açúcar em pó (caso se tenham esquecido de comprar, coloquem num 1,2,3 açúcar branco e já está!)

domingo, Janeiro 02, 2011

Bolachas de queijo e especiarias

Com estas bolachas fiz uma entrada em que coloquei truta fumada entre duas bolachas, a acompanhar, com puré de maçã e canónigos. Aqui vai:


Ingredientes:
170 g de farinha
100 g de manteiga
25 g de queijo Emmental
20 g de natas
oregãos
sal grosso
canela
sementes de mostarda
tomilho limão
pimenta rosa
manjericão
urze

Num pilão esmaga-se o sal com as sementes de mostarda, tomilho limão, manjericão, pimenta rosa, urze, canela e oregãos (coloca-se o triplo da quantidade dos oregãos em relação às outras ervas e só se coloca uma pitada pequena de canela).
Numa taça junta-se a farinha, a manteiga partida aos pedaços, o queijo Emmental ralado, as natas e as especiarias.
Mistura-se tudo à mão até formar uma massa homogénea.
Vai ao frigorífico pelo menos 30 minutos.
Estica-se a massa e corta-se com um cortante.
Vai ao forno pré-aquecido a 200 graus.

Estas bolachas são uns óptimos aperitivos. Mas também se pode rechear com truta ou salmão fumado a acompanhar com puré de maçã.